• arquitetovicente

Dicas para vistoria de apartamentos novos

Atualizado: 12 de jan.

Saiba o que fazer para evitar surpresas desagradáveis ao adquirir seu novo imóvel.


Após realizar a compra do seu tão sonhado apartamento, chega a hora em que você é chamado pela construtora para fazer a vistoria. Ao chegar ao local a emoção é tanta que, estupefato, você acaba deixando passar detalhes importantes e de imediato assina o laudo de vistoria. Após alguns meses morando no novo imóvel, surgem algumas decepções por conta de problemas – vazamentos nos sifões das pias, cerâmicas soltas e tomadas que não funcionam - e você se indaga por que não conferiu esses itens antes. Infelizmente essa é a realidade de muitas pessoas que não se atentam em fazer uma vistoria minuciosa do imóvel durante a entrega feita pela construtora.

De acordo com o arquiteto e urbanista Vicente Júnior, uma vistoria criteriosa é muito importante para constatação de vícios, os quais deverão ser corrigidos pela construtora, evitando problemas futuros.

Preferencialmente, um profissional de arquitetura ou engenharia civil pode ser contratado para lhe auxiliar na checagem dos itens, porém, caso você mesmo opte por fazer tal checagem, saiba que é necessário seguir um roteiro para não se perder. No momento da vistoria, é importante que você tenha em mãos o contrato de compra - ou o memorial descritivo do imóvel - que você poderá utilizar para conferir opções de acabamentos e materiais que compõem o apartamento, diz Vicente.

Não se esqueça de levar papel e caneta para anotações e uma trena para conferir medidas. Exija da construtora no momento da vistoria, que lhe forneça condições para checagem dos itens, tais como balde com água para conferência de ralos e caimentos das áreas molhadas e instalações provisórias para testagem de pontos elétricos e iluminação. Dito isso, vejamos tudo que deve ser conferido na vistoria do seu novo imóvel:

Revestimentos:

Através de uma análise visual detalhada, verifique se os revestimentos - cerâmicas e porcelanatos - tanto das paredes quanto dos pisos, apresentam peças lascadas, com trincas, fissuras, manchas ou desalinhamentos. Desníveis entre as peças podem ocorrer, causando os famosos “dentes”. Manchas ou falhas nos rejuntes também podem ser encontradas.

Também vale verificar se há peças “ocas”, frutos de má instalação, as quais podem se desprender com o tempo. Para checagem, utilize um cabo de vassoura para golpear levemente as peças, observando sons cavos.

Mármores e granitos:

Nessa categoria se enquadram todos os itens em pedras naturais: Pias, bancadas, lavatórios, frontões, soleiras, baguetes e tentos de boxes. Observe se as peças estão bem instaladas e sem trincas.

No caso das pias, bancadas e lavatórios, é muito importante que estejam devidamente planas, sem desníveis. Para que o nivelamento seja averiguado, utilize um nível de mão, que pode ser obtido facilmente em qualquer loja de material de construção. Observe se os frontões - peças que vão ao fundo, dando acabamento entre a pia e a parede - estão devidamente fixados e rejuntados. Não se esqueça de verificar as mãos-francesas que dão sustentação às pias. É importante que estejam bem firmes e sem marcas de oxidação.

Em se tratando de soleiras, baguetes e tentos de boxes, observe o nivelamento dos mesmos e se estão devidamente fixados e sem avarias.

Pintura:

Veja se a pintura das paredes está homogênea e com boa aparência, livres de manchas e bolores. Se possível, observe as paredes contra a luz, a fim de constatar ondulações ou imperfeições na superfície.

Portas:

De grande importância para privacidade dos ambientes, é imprescindível que as portas estejam bem instaladas e estejam funcionando corretamente. Verifique, portanto, se estão fechando e abrindo corretamente sem emperrar. Gire as chaves e observe se os trincos e linguetas funcionam normalmente. Vale observar se todos os componentes metálicos das portas - chaves, dobradiças, maçanetas, espelhos e rosetas - possuem riscos ou marcas de oxidação. Faça também uma análise visual geral das portas, observando um possível empenamento das folhas e integridade dos demais componentes como batentes e alisares. A pintura deverá estar homogênea sem imperfeições. Por fim, verifique se todas as portas internas possuem suas respectivas chaves.

Esquadrias de alumínio:

Janelas, portas da sala que dão para a sacada, portas de depósitos e, em alguns casos, guarda-corpos e alçapões. Tal como as esquadrias de madeira, verifique o abrir e fechar de portas e janelas de alumínio. Teste as fechaduras e observe a integridade dos batentes e alizares. Em se tratando das janelas e portas de correr, verifique se as folhas deslizam perfeitamente e se não há sujidades nos trilhos. Observe se há manchas de infiltração no encontro das paredes com as janelas.

Vidros:

Relacionados com o item anterior, observe se há trincas, manchas e arranhões. É muito importante observar se estão devidamente fixados e firmes.

Instalações elétricas:

É importante testar todas as tomadas e pontos de iluminação. Com a ajuda de um testador de tomadas ou uma instalação provisória fornecida pela construtora, verifique todas as tomadas dos ambientes. Confira se elas estão identificadas com a voltagem correta, 100V ou 220V. Ademais, veja se os acabamentos – espelhos - estão corretamente instalados, sem manchas de tinta ou arranhões.

Não se esqueça de verificar o quadro de luz: os disjuntores deverão estar devidamente identificados e funcionando corretamente. E vale lembrar: a construtora deve fornecer os meios necessários para a testagem. Por fim, verifique se os quadros estão com os lacres de garantia.

Instalações hidráulicas:

Verifique o escoamento das torneiras e, ao deixar a água jorrar por alguns instantes, aproveite para verificar o escoamento das válvulas das pias e observe se há vazamentos nos sifões. Observe também se há vazamentos nos flexíveis das torneiras e vasos sanitários. É muito importante que todos os flexíveis e sifões estejam com o lacre de garantia da construtora. Os ralos devem dispor de grelhas e devem estar sem sujidades no seu interior.

Louças e metais:

Veja se as torneiras e duchas manuais estão funcionando corretamente e se estão bem fixadas. Verifique o escoamento das torneiras e observe se possuem arejadores. Fique atento a presença de arranhões nas torneiras, misturadores e acabamentos.

Quanto às louças, teste os vasos sanitários acionando a descarga e observe se há fissuras ou manchas. É importante que o vaso sanitário esteja bem firme ao chão e sem vazamentos. As cubas das pias deverão estar limpas, sem avarias e de acordo com o modelo escolhido.

Caimento das áreas molhadas:

Ao testar o caimento das áreas de boxes e varandas, sugerimos que não use bolas de gude. Utilize água em abundância pois, ao mesmo tempo que testará o caimento, poderá verificar a vazão dos ralos. Com uso de um balde, despeje água sobre todo o piso a fim de constatar possíveis pontos de empossamento de água.

Forros:

Observe se há manchas, trincas ou alguma região “embarrigada”. Alguns desses vícios podem denotar a presença de vazamentos sobre o forro.

Churrasqueiras: Se aplicável, confira se a churrasqueira está completa com todos os seus utensílios – espetos e grelhas – e se sua estrutura e interior – tijolos refratários – estão bem instalados e sem avarias.

Interfone: Verifique a integridade do aparelho e o seu funcionamento.

Contrapiso: Observe se o contrapiso está plano e sem a presença de rachaduras e restos de materiais. Aqui, vale utilizar o mesmo meio para conferir os revestimentos: Utilize um cabo de vassoura para golpear o contrapiso de modo a encontrar algum som cavo.

Ao final da vistoria, caso encontre alguns dos vícios citados acima, peça à construtora para corrigir todas as falhas encontradas e formalize sua solicitação por escrito. Descreva, detalhadamente, onde se encontra cada problema detectado. Vale também o registro fotográfico para conferência posterior. É imprescindível que todos os itens corrigidos pela construtora sejam checados em uma nova vistoria. Após isso, estando tudo certo, agora é só pegar as chaves para que você possa usufruir sem problemas do seu tão sonhado imóvel.

#Vistoriadeapartamento #arquitetura



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

23.03.2022 Neste post explicamos porque é tão importante a contratação de um profissinal de arquitetura na hora de construir ou reformar. Por Vicente Jr. Nos dias atuais temos à disposição uma gama co